Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Música  
1   2   3   4  

Raphael Rabello
O violão em erupção

Lucas Nobile

Prefácio de Zuza Homem de Mello
Apoio: Rumos Itaú Cultural
 
Esta biografia do violonista carioca Raphael Rabello (1962-1995) conta a meteórica trajetória de um dos maiores instrumentistas que este país já conheceu. Ainda muito jovem ele se tornou um dos principais músicos de estúdio e acompanhantes de shows de nossa MPB, partindo em seguida para a carreira solo com o disco Rafael Sete Cordas em 1982 e assinando álbuns em parceria com Radamés Gnattali, Ney Matogrosso, Paulo Moura, Elizeth Cardoso e Dino 7 Cordas, entre outros, até sua precoce e trágica morte aos 32 anos. Escrito pelo jornalista Lucas Nobile, o livro traz ainda listagens completas de todas as gravações e composições de Raphael, além de dezenas de imagens inéditas deste músico que revolucionou a técnica do violão no Brasil.
R$ 69,00
 
A canção no tempo
85 anos de músicas brasileiras (Vol. 1: 1901-1957)

Jairo Severiano
Zuza Homem de Mello

 
A canção no tempo - Vol. 1 relaciona, classifica e analisa as canções que o povo brasileiro consagrou entre os anos de 1901 e 1957. É, pode-se dizer, a história da música popular brasileira na primeira metade do século XX contada por suas canções de maior sucesso - das modinhas e lundus de Eduardo das Neves, Cadete e Baiano, das obras de Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth e Pixinguinha, passando pela fase áurea do rádio com Francisco Alves, Ary Barroso, Lamartine Babo, Carmen Miranda, Ataulfo Alves, Noel Rosa e Dorival Caymmi, entre muitos outros, até as composições pré-bossa nova de Dolores Duran, Luís Bonfá e Tom Jobim na década de 1950. Esta edição, revista e ampliada, traz 21 novas composições em destaque, totalizando 288 canções comentadas no volume.
R$ 76,00

 
A canção no tempo
85 anos de músicas brasileiras (Vol. 2: 1958-1985)

Jairo Severiano
Zuza Homem de Mello

 
A canção no tempo apresenta a história de nossa música popular por meio de suas composições mais representativas. Este segundo volume começa com o surgimento da bossa nova, em 1958, e se estende até 1985, passando por movimentos como a Jovem Guarda e o tropicalismo. No período se consagraram os grandes nomes da moderna MPB: Tom, Vinicius e João Gilberto (a santíssima trindade da bossa nova); Edu Lobo, Elis, Chico Buarque, Nara, Caetano, Gil, Bethânia, Gal, Milton Nascimento e Paulinho da Viola (surgidos na era dos festivais); Roberto e Erasmo Carlos (egressos da Jovem Guarda); Cartola e Nelson Cavaquinho (velhos sambistas redescobertos); e uma vertente mais pop que inclui Jorge Ben, Mutantes, Novos Baianos, Tim Maia, Raul Seixas, chegando até Renato Russo e Cazuza. Esta edição, revista e ampliada, traz 30 novas composições em destaque, totalizando 341 canções comentadas no volume.
indisponível
R$ 76,00

     
Uma história da música popular brasileira
Das origens à modernidade

Jairo Severiano

 
Jairo Severiano, um dos maiores conhecedores de nossa música, assumiu aqui uma tarefa enciclopédica: contar em um único volume os mais de duzentos anos de história da música popular brasileira, do século XVIII até os dias de hoje. Estruturada em quatro "tempos", a obra contextualiza os principais gêneros e movimentos da música brasileira, bem como os compositores e intérpretes que melhor souberam representá-los.aolp
R$ 92,00
 
Tem mais samba
Das raízes à eletrônica

Tárik de Souza

 
Coletânea de artigos do jornalista musical Tárik de Souza, incluindo textos inéditos, este livro compõe um painel dinâmico em torno do gênero musical brasileiro por excelência - o samba - e revela como ele perpassa e influencia as mais diversas expressões sonoras da nossa cultura. De Clementina de Jesus a Fernanda Abreu, de Sinhô a Marcelo D2, o bom samba não tem lugar nem hora.
indisponível
R$ 69,00

 
Do frevo ao manguebeat

José Teles

 
Precioso painel sobre a música de Pernambuco, desde os grandes nomes do frevo, como Capiba e Nelson Ferreira, até a genial renovação de ritmos de Chico Science e Nação Zumbi - destacando ainda a cena tropicalista local, o desbunde dos anos 1970 e a fusão com o rock de Geraldo Azevedo e Alceu Valença.
R$ 69,00

     
A música popular no romance brasileiro - vol. 1

José Ramos Tinhorão

 
O autor leu mais de 5 mil romances - escritos entre 1843 e o fim dos anos 1990 -, muitos deles raros e esquecidos, à procura de canções que marcaram época, cantores que se tornaram personagens, músicas revividas por narradores, construindo uma obra monumental, tanto pela recuperação das obras literárias como por sua contribuição para a história da música brasileira.
R$ 62,00
 
A música popular no romance brasileiro - vol. 2

José Ramos Tinhorão

 
O autor leu mais de 5 mil romances - escritos entre 1843 e o fim dos anos 1990 -, muitos deles raros e esquecidos, à procura de canções que marcaram época, cantores que se tornaram personagens, músicas revividas por narradores, construindo uma obra monumental, tanto pela recuperação das obras literárias como por sua contribuição para a história da música brasileira.
R$ 72,00

 
A música popular no romance brasileiro - vol. 3

José Ramos Tinhorão

 
O autor leu mais de 5 mil romances - escritos entre 1843 e o fim dos anos 1990 -, muitos deles raros e esquecidos, à procura de canções que marcaram época, cantores que se tornaram personagens, músicas revividas por narradores, construindo uma obra monumental, tanto pela recuperação das obras literárias como por sua contribuição para a história da música brasileira.
R$ 79,00

     
A música popular que surge na Era da Revolução

José Ramos Tinhorão

 
Foi em meio ao clima libertário da Revolução Francesa de 1789 que a música popular urbana eclodiu na França. Mas se nesse país o sentimento patriótico era fonte de inspiração para os novos gêneros musicais, em Portugal os acordes revolucionários foram recebidos com receio e censura pelos governantes, e seriam as novidades originárias de suas colônias, sobretudo o Brasil, que garantiriam o entretenimento da população. Este novo livro de José Ramos Tinhorão traça um interessante percurso que evidencia o papel determinante da mescla de culturas - seja entre povo e elite, no caso francês, ou entre metrópole e colônia, no caso de Portugal -, para o florescimento das novas tendências musicais.aolp
R$ 48,00
 
As festas no Brasil colonial

José Ramos Tinhorão

 
O estudioso José Ramos Tinhorão analisa inúmeras festas públicas brasileiras, desde a Primeira Missa até o ritual da Independência, ressaltando o "oportunismo lúdico" da gente da colônia, que aproveitava o calendário da Igreja para extravasar o seu "espírito dionisíaco". Ilustrado com imagens de Frans Post, Antônio Francisco Soares, Carlos Julião, Debret, Rugendas, Taunay e outros, trata-se de um documento fundamental para o entendimento de nossa cultura.
indisponível
R$ 54,00

 
As origens da canção urbana

José Ramos Tinhorão

 
Como surgiu a música popular, um dos fenômenos da cultura de massa mais importantes do Ocidente? Em As origens da canção urbana, José Ramos Tinhorão vai buscar na formação das primeiras grandes cidades de caráter pré-moderno, como a Lisboa da época das grandes navegações, a resposta a essa questão.
R$ 52,00

     
1   2   3   4  

© Editora 34 Ltda. 2020   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779