Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Literatura estrangeira  
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13  

Lady Macbeth do distrito de Mtzensk

Nikolai Leskov

Tradução de Paulo Bezerra
Posfácio e notas do tradutor
 
A novela Lady Macbeth do distrito de Mtzensk, publicada em 1865, é considerada a obra-prima de Nikolai Leskov (1831-1895), escritor russo contemporâneo de Dostoiévski e Tolstói, tido como grande retratista dos costumes e da alma de seu povo. Nesta impressionante narrativa, o leitor acompanha a transformação de Catierina Lvovna, a jovem e entediada esposa de um velho comerciante, em uma cruel assassina.aolp
R$ 48,00
 
Mistério-bufo

Vladímir Maiakóvski

Tradução de Arlete Cavaliere
 
"Sem forma revolucionária não há arte revolucionária". A célebre frase do poeta russo Vladímir Maiakóvski (1893-1930) define muito bem um de seus textos teatrais mais conhecidos, Mistério-bufo (1921). A presente edição traz pela primeira vez ao público brasileiro a versão final da peça, reelaborada pelo autor após sua estreia em 1918. Traduzido diretamente do original por Arlete Cavaliere, professora da USP, o texto é uma fantasia alegórica da Revolução Russa e de seus primeiros desdobramentos, escrito no calor da hora, e sintetiza uma série das experimentações de vanguarda do poeta.
R$ 59,00

 
Sobre isto

Vladímir Maiakóvski

Tradução de Letícia Mei
Ilustrações de Aleksandr Ródtchenko
Edição bilíngue
 
Vladímir Maiakóvski (1893-1930) foi um dos maiores poetas do século XX, e além de sua produção engajada na Revolução Russa, criou também uma impressionante obra lírica. O longo poema Sobre isto, considerado por ele sua obra-prima, é dedicado ao tema do amor, e foi escrito durante os dois meses de separação de Maiakóvski e Lília Brik, entre dezembro de 1922 e fevereiro de 1923, quando o casal decidiu se afastar após uma briga. Primeira publicação da obra no Brasil, o presente volume, bilíngue, tem tradução, posfácio e notas de Letícia Mei, além de incluir as fotomontagens originais que Aleksandr Ródtchenko realizou para ilustrar o livro e uma seleta da correspondência entre o poeta e Lília Brik no período.
R$ 65,00

     
Viagem ao redor do meu quarto

Xavier de Maistre

Tradução de Veresa Moraes
Projeto gráfico de Raul Loureiro
Posfácio de Enrique Vila-Matas
 
Redigido na fortaleza de Turim e publicado pela primeira vez em 1795, esta pequena obra-prima do tenente e conde Xavier de Maistre (1763-1852), Viagem ao redor do meu quarto, é um exercício de subversão de hierarquias e estruturas formais. Zombando das circunstâncias, o autor transforma seus quarenta e dois dias de confinamento forçado em ponto de partida para uma paródia dos relatos de viagem, das dissertações eruditas e dos tratados de filosofia. Aos poucos, em seus breves capítulos, o sentimento e a fantasia vão tomando conta do cenário, com uma irreverência e originalidade que mostrou-se cheia de sugestões para as gerações seguintes, influenciando de Nietzsche a Machado de Assis.
R$ 51,00
 
Poema pedagógico

Anton Makarenko

Tradução de Tatiana Belinky
Posfácio de Zoia Prestes
 
Obra fundamental da pedagogia do século XX, narra com absoluta franqueza o dia a dia da Colônia Gorki, fundada por Makarenko, que, de 1920 a 1928, reincorporou à vida social centenas de jovens delinquentes, quase todos analfabetos e muitos com várias passagens pela polícia. "Um livro inspirado na refeitura do homem!" (M. Gorki)
R$ 121,00

 
O rumor do tempo
e Viagem à Armênia

Óssip Mandelstam

Tradução de Paulo Bezerra
Ensaio de Seamus Heaney
 
Nova edição, revista e ampliada, do livro que inclui as duas principais obras em prosa do grande poeta russo Óssip Mandelstam (1891-1938), O rumor do tempo (1925) e Viagem à Armênia (1933) - dois textos memorialísticos, de alta voltagem lírica, que trazem as impressões do autor sobre os períodos pré e pós Revolução de 1917. No volume eles são complementados por um posfácio do tradutor Paulo Bezerra e por um ensaio, inédito no Brasil, do Prêmio Nobel de Literatura Seamus Heaney, que analisa vida e obra do poeta e os esforços de sua esposa, Nadiéjda Mandelstam, em preservar seu legado em meio à perseguição do regime stalinista.
R$ 59,00

     
Escute as feras

Nastassja Martin

Projeto gráfico de Raul Loureiro
 
Estudiosa do Grande Norte subártico, a antropóloga francesa Nastassja Martin viaja à Rússia em busca de famílias do povo even que, tomando distância da civilização pós-soviética, preferem voltar a viver no coração das florestas siberianas. A rotina do trabalho de campo vai avançando como quer a disciplina etnográfica, mas algo mais parece estar em gestação, alguma coisa que por fim eclode na forma de um terrível incidente — ou, quem sabe, de um encontro — entre a antropóloga e um urso. É a partir desse acontecimento inesperado e dilacerante que Martin tece a trama de Escute as feras, em que a experiência vivida nutre uma reflexão vertiginosa sobre o humano e o natural, a identidade e a fronteira, o tempo do mito e a história contemporânea.
R$ 53,00
 
Moby Dick, ou A baleia

Herman Melville

Prefácio de Albert Camus
Posfácio de Bruno Gambarotto
 
Lançado em 1851, Moby Dick, de Herman Melville (1819-1891), se tornou um dos livros de aventura mais emblemáticos da literatura universal. A história do capitão Ahab, em busca de vingança contra o terrível cachalote que amputara sua perna, entrou definitivamente para a cultura popular, inspirando criações nas artes plásticas, no teatro, no cinema e na música. Mas uma leitura atenta da obra-prima de Melville pode revelar as camadas mais profundas do texto - as alusões bíblicas, as críticas ao nascente imperialismo norte-americano, as referências à obra de Shakespeare, entre muitos outros temas -, que deram ao autor o posto de maior prosador norte-americano do século XIX. Além de trazer ensaios de Evert Duyckinck, D. H. Lawrence e F. O. Matthiessen sobre Moby Dick, que delineiam a recepção crítica do livro, esta nova edição apresenta um prefácio de Albert Camus, inédito em nosso país, e um ensaio de Bruno Gambarotto, um dos maiores especialistas brasileiros na obra de Melville.
R$ 119,00

 
Carmen

Prosper Mérimée

Tradução de Samuel Titan Jr.
Ilustrações de Pablo Picasso
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 
Poucos textos do século XIX tiveram vida tão intensa, e extensa, como Carmen, a obra-prima de Prosper Mérimée (1803-1870), novela que deu origem à ópera homônima de Bizet e, mais recentemente, a adaptações para o cinema dirigidas por Jean-Luc Godard e Carlos Saura, entre outros. Na presente edição, a história de amor de dom José e da cigana Carmen ganha uma tradução à altura do estilo preciso, elegante e irônico, porém de grande ressonância dramática, do original francês. Samuel Titan Jr., professor de Teoria Literária da USP e autor da tradução, chama a atenção no posfácio para vários aspectos da obra, inclusive o notável paralelo entre Carmen e a Capitu do Dom Casmurro, de Machado de Assis.
R$ 56,00

     
Paraíso perdido

John Milton

Tradução de Daniel Jonas
Ilustrações de Gustave Doré
Edição bilíngue
 
Um dos maiores poemas épicos da literatura ocidental - de uma tradição que inclui a Ilíada e a Odisseia de Homero, a Eneida de Virgílio e a Divina Comédia de Dante -, o Paraíso perdido foi publicado originalmente em 1667, na Inglaterra, em um período especialmente turbulento daquela nação. Seu autor, John Milton (1608-1674), foi um dos grandes intelectuais de seu tempo e destemido apoiador da Revolução Puritana inglesa, que depôs e executou o rei Carlos I e proclamou a República em 1649.
A presente edição, bilíngue, traz a elogiada tradução do premiado poeta português Daniel Jonas, que segue de perto a versificação e a musicalidade do original. Completam o volume as notas e o posfácio do tradutor, uma apaixonada apresentação do crítico Harold Bloom, e a fantástica série de cinquenta ilustrações de Gustave Doré, publicadas em 1866.
R$ 138,00
 
Quando as panteras não eram negras

Fabio Morábito

Ilustrações de Ulysses Bôscolo
 
Num tempo imaginário, em que as panteras viviam em grupos, imitando os leões, uma jovem felina se desgarra da horda e inicia uma longa travessia em busca de si mesma. Partindo desse marco, o premiado poeta e narrador ítalo-mexicano Fabio Morábito constrói uma bela fábula sobre a descoberta da identidade mais profunda e verdadeira, livre das convenções sociais.
R$ 48,00

 
A arte de desaparecer

Idra Novey

Tradução de Roberto Taddei
 
Premiado romance de estreia da jovem escritora norte-americana Idra Novey, poeta e tradutora de Clarice Lispector e Manoel de Barros, A arte de desaparecer se passa entre o Rio de Janeiro e o litoral da Bahia, quando a admiradora de uma famosa escritora brasileira vem dos Estados Unidos para investigar o seu desaparecimento em Copacabana. Com uma narrativa ágil e veloz, que incorpora flashes da violência cotidiana de nosso país, a obra possui também muito de poesia, além de uma finíssima intuição sobre as relações afetivas, o desejo, o corpo e a escrita.
R$ 69,00

     
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13  

© Editora 34 Ltda. 2022   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779