Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Filosofia, estética e ciência
 

 R$ 68,00
         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Cultura filosófica

 

Georg Simmel

Tradução de Lenin Bicudo Bárbara
Apresentação de Leopoldo Waizbort

336 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-65-5525-038-1
2020 - 1a edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Uma rápida passada de olhos pelos títulos das seções e dos ensaios que formam este livro basta para dar ao leitor uma ideia da amplitude do campo de interesses de seu autor, o filósofo e sociólogo alemão Georg Simmel (1858-1918), hoje reconhecido como um dos mais fecundos pensadores da modernidade, admirado por nomes como Lukács, Musil e Walter Benjamin.
Movendo-se por entre temas aparentemente tão diversos quanto a “moda” e “Michelangelo”, a “filosofia dos sexos” e o “problema da situação religiosa”, a reflexão estética do ensaio “A asa do jarro” e as considerações sobre “O conceito e a tragédia da cultura”, em todos esses domínios Simmel deixou sua marca inconfundível: a fina arte de interrogar e expor o objeto de sua indagação sob diferentes ângulos, e que encontrou no ensaio escrito a forma mais adequada a um pensamento que se quer sempre próximo da “aventura”, não por acaso tema do primeiro ensaio do livro.
Publicada em 1911 e revista em 1918, Cultura filosófica foi a única antologia de textos organizada por Simmel e, como observa Leopoldo Waizbort na apresentação, por estar assentada “em rigorosa composição, ela de certo modo apresenta um modelo mesmo de seu pensamento”. Por sua abrangência, acuidade e originalidade de enfoque, os quatorze ensaios aqui reunidos constituem a melhor porta de entrada para a obra deste mestre que soube, como poucos, renovar nosso entendimento das práticas culturais e iluminar os riscos e os impasses das subjetividades modernas.


Sobre o autor
Georg Simmel nasceu em 1858, em Berlim. Foi o último dos sete filhos de uma rica família de ascendência judaica convertida ao cristianismo. Fez sua formação superior na Universidade de Berlim (hoje Universidade Humboldt), onde estudou filosofia e história, doutorando-se em 1881. Lecionou nessa mesma universidade entre 1885 e 1913, sem jamais integrar formalmente o corpo de professores da instituição. Em 1909 fundou, com Ferdinand Tönnies, Max Weber e outros, a Sociedade Alemã de Sociologia. Entre os mais de vinte livros que escreveu, podem ser destacados Os problemas da Filosofia da História (1892), Filosofia do dinheiro (1900), Schopenhauer e Nietzsche (1907), Sociologia (1908), Problemas fundamentais da filosofia (1910) e a coletânea de ensaios Cultura filosófica (1911). Mesmo famoso por suas palestras e considerado um dos pais da sociologia alemã, Simmel só obteve uma cátedra universitária em 1914, em Estrasburgo (então parte do Império Germânico), cidade onde viveu até a sua morte, em 1918.


Sobre o tradutor
Lenin Bicudo Bárbara é graduado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2008), com mestrado (2012) e doutorado (2018) em Sociologia pela mesma instituição. Atualmente é pesquisador de pós-doutorado junto ao Departamento de Sociologia da FFLCH-USP.


Veja também
As aventuras de Georg Simmel
Escritos sobre mito e linguagem
(1915-1921)
Organização de Jeanne Marie Gagnebin
Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779