Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Literatura estrangeira
 

 R$ 46,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

A cena interior

 

Marcel Cohen

Tradução de Samuel Titan Jr.
Projeto gráfico de Raul Loureiro

152 p. - 15,5 x 22,5 cm
ISBN 978-85-7326-654-2
2017 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Nas primeiras linhas de A cena interior, Marcel Cohen declara: "este livro precisava ser escrito". Fruto do trabalho de toda uma vida, estas páginas reúnem tudo o que o autor pôde recordar ou saber dos oito membros de sua família deportados para os campos de extermínio nazistas no final de 1943. Tendo escapado à morte por obra do mero acaso - mas também da coragem de quem se arriscou para salvar o menino de cinco anos e meio -, Marcel Cohen erige neste livro belo e áspero um memorial aos desaparecidos: Marie e Jacques, Monique, Sultana e Mercado, Joseph, Rebecca, David. Família comum, que deixa Istambul na década de 1920 em busca de uma vida mais livre em Paris e logo se vê brutalmente encurralada, os Cohen exalam humanidade nos breves capítulos de A cena interior. Não por meio de uma injeção de sopro romanesco, e sim por uma atenção persistente e amorosa do autor a fatos, traços, memórias remanescentes: uma frase dita à mesa, um ritual doméstico, algumas fotos, um bracelete, um perfume...


Sobre o autor
Marcel Cohen nasceu em 1937, em Asnières-sur-Seine, nos arredores de Paris. Filho de judeus turcos, perdeu boa parte da família durante o Holocausto. Jornalista de formação, trabalhou em várias partes do mundo para a imprensa francesa. Seu primeiro livro, o romance Galpa, foi lançado em 1969, seguido de títulos como Murs (1979), Miroirs (1980), Le Grand Paon-de-nuit (1990) e Assassinat d'un garde (1998). Em 2002, deu início à trilogia Faits (2002‑2010), de prosa brevíssima, quase aforística. Em 2013, publicou este Sur la scène intérieure, vencedor do prêmio Wepler. No mesmo ano, recebeu também o prêmio Jean Arp pelo conjunto de sua obra. Vive em Paris.


Sobre o tradutor
Samuel Titan Jr. nasceu em Belém, em 1970. Estudou filosofia na Universidade de São Paulo, onde leciona Teoria Literária e Literatura Comparada desde 2005. Editor e tradutor, organizou com Davi Arrigucci Jr. uma antologia de Erich Auerbach (Ensaios de literatura ocidental, 2007) e assinou versões para o português de autores como Adolfo Bioy Casares (A invenção de Morel), Gustave Flaubert (Três contos, em colaboração com Milton Hatoum), Jean Giono (O homem que plantava árvores, 2018, em colaboração com Cecília Ciscato), Voltaire (Cândido ou o otimismo, 2013), Prosper Mérimée (Carmen, 2015) e Eliot Weinberger (As estrelas, 2019).








Veja também
Limiar, aura e rememoração
ensaios sobre Walter Benjamin
Paisagens da memória
Autobiografia de uma sobrevivente do Holocausto
Lembrar escrever esquecer

 


© Editora 34 Ltda. 2019   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779