Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Notícias  
01/07/2016

Anatomia do Paraíso, de Beatriz Bracher, e Dois letrados e o Brasil nação, de Antonio Arnoni Prado, venceram a primeira edição do Prêmio Rio de Literatura, nas categorias Melhor Obra Publicada e Ensaio, respectivamente. Os dois títulos foram publicados pela Editora 34 em 2015.

Anatomia do Paraíso traz a história de um jovem estudante de classe média que escreve uma dissertação de mestrado sobre o Paraíso perdido (1667), poema épico de John Milton que narra a queda do homem e a expulsão de Adão e Eva do Paraíso. A história se desenvolve simultaneamente em vários planos: o dia a dia do estudante, Félix; suas reflexões sobre a obra de Milton; a dura vida de Vanda, vizinha de Félix, que se divide entre trabalho, estudo e os cuidados com a irmã mais nova; e o delicado processo de amadurecimento desta última, a adolescente Maria Joana. Narrativa densa, por vezes vertiginosa, e de alta carga dramática, na medida em que as trajetórias dos personagens vão se cruzando e os temas do Paraíso perdido - sexo, violência, pecado, culpa, traição, morte e redenção - ganham vida nas experiências de cada um.

Fruto de longa pesquisa sobre a vida e a obra de duas figuras fundamentais de nossa historiografia - Manuel de Oliveira Lima, autor de D. João VI no Brasil (1908), e Sérgio Buarque de Holanda, de Raízes do Brasil (1936) -, o novo livro de Antonio Arnoni Prado é bem mais do que um estudo sobre a formação de nossa crítica literária. Ao contrapor a trajetória desses grandes intelectuais, Dois letrados e o Brasil nação traz à tona concepções radicalmente distintas de história, cultura e nação, que continuam vivas e atuantes no debate cultural brasileiro.

<< voltar

© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779