Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Notícias  
01/07/2016

Na próxima quinta-feira, dia 7 de julho, das 19h30 às 23h, o poeta sírio Abud Said, autor de O cara mais esperto do facebook, participará de um debate com o professor de literatura (Unifesp) Leonardo Gandolfi, com mediação do editor Cide Piquet.

Durante o evento, realizado em parceria com o Goethe-Institut São Paulo, o livro será vendido a preço promocional, R$ 30,00.

Goethe-Institut São Paulo
Centro Cultural Brasil-Alemanha
Rua Lisboa, 974
05413-001 São Paulo SP, Brasil
Tel. 11 3296 7000


Informações sobre o livro
Abud Said
O cara mais esperto do Facebook
Tradução de Pedro Martins Criado
Posfácio de Sandra Hetzl

Quando, em março de 2011, uma criança de Daraa, na Síria, escreveu no muro da escola "Abaixo o regime" e, sem saber, acabou deflagrando a guerra civil no país, Abud Said era um ferreiro que vivia na província de Alepo, em uma pequena casa, com a mãe e muitos irmãos. O Facebook era sua janela para o mundo, e foi ali que ele resolveu começar a sua "revolução pessoal", postando quase diariamente textos poéticos, críticos e provocativos, que chamaram a atenção de escritores e intelectuais no mundo inteiro e acabaram sendo publicados como e-book na Alemanha, onde ele vive hoje como asilado político.
A literatura produzida na internet e nas mídias sociais é cada vez mais frequente. Em Said, porém, mais do que um simples meio, o Facebook é um tema recorrente em seus textos, que falam também da guerra, do amor, da solidão e da injustiça. Mas não esperem encontrar aqui um escritor idealista, politicamente correto, um herói literário. Abud Said está mais para anti-herói, uma espécie de pícaro contemporâneo do mundo virtual, que não poupa nada nem ninguém, mas que, a par de toda sua rebeldia e sarcasmo, possui um lirismo que lembra às vezes um Apollinaire, um Ferlinghetti ou mesmo um Carlos Drummond de Andrade.
Poesia de amor e guerra, O cara mais esperto do Facebook é, enfim, um daqueles casos raros em que, graças a um acúmulo de potências literárias, a expressão lírica, local e individual, ganha poder de fogo coletivo e universal.

Sobre o autor
Abud Said nasceu em 1983 na cidade de Manbij, província de Alepo, no norte da Síria. Após concluir o ensino fundamental, deixou a escola para aprender o ofício de ferreiro e soldador, e depois trabalhou por três anos em uma fábrica no Líbano. Em 2008 recebeu um diploma de equivalência do ensino médio e ingressou na universidade para estudar economia, mas o curso foi suspenso devido à guerra civil na Síria. Em 2009 Abud Said criou um perfil no Facebook, onde escrevia todos os dias. O cara mais esperto do Facebook (uma seleção de seus posts) é seu primeiro livro, e foi publicado em 2013 pela editora berlinense mikrotext. Por ocasião do lançamento, Said conseguiu escapar da Síria e recebeu asilo político na Alemanha. Em 2015 lançou seu segundo livro, Lebensgroßer Newsticker (mikrotext/Spektor Books). Atualmente vive em Berlim e escreve as colunas "Syronics on speed" para o site VICE Deutschland e "Warum so ernst?" para o jornal alemão TAZ.

Sobre o tradutor<
Pedro Martins Criado é graduando em dupla habilitação Português-Árabe no curso de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Tem foco nas áreas de pesquisa de tradução, história, linguística e ensino de línguas. Viveu no Cairo, onde estudou árabe padrão e árabe dialetal egípcio no Institut Français. Atualmente, trabalha como tradutor e professor de língua árabe, gramática do português e redação.

<< voltar

© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779