Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Notícias  
12/07/2016

Nesta quinta-feira 14/7, a partir das 19h, Chacal lança Tudo (e mais um pouco) - Poesia reunida (1971-2016 na Livraria da Travessa de Ipanema, no Rio de Janeiro (rua Visconde de Pirajá, 572, Ipanema).


Chacal
Tudo (e mais um pouco)
Poesia reunida (1971-2016)
408 p.
13,5 x 18 cm
ISBN 978-85-7326-629-0
R$ 45,00
Livro vendido com quatro modelos diferentes de capa

Tudo (e mais um pouco) reúne a obra poética de Chacal, de seu primeiro livro, Muito prazer, Ricardo (1971), até os mais recentes Murundum (2012), Seu Madruga e eu (2015) e Alô poeta (2016), incluindo ainda a versão teatral da autobiografia Uma história à margem (2010). Nesse conjunto, ele criou uma lírica muito especial. Bebeu a irreverência e a concisão em Oswald de Andrade, mas também no rock'n'roll. De Allen Ginsberg e do grupo carioca Nuvem Cigana dos anos 1970, ele trouxe para a poesia brasileira a experiência da contracultura e, acima de tudo, da palavra falada em inúmeras performances. Colaborou também com o grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone, fez parcerias musicais com Rogério Duarte, Jards Macalé, as bandas Blitz e Barão Vermelho, além de atuar como agitador cultural no Rio de Janeiro em espaços como o Circo Voador e o CEP 20.000.


Chacal (Ricardo de Carvalho Duarte) nasceu no Rio de Janeiro em 1951. Seu livro de estreia, Muito prazer, Ricardo (1971), foi escrito após o impacto da leitura de Oswald de Andrade e é considerado um marco da geração mimeógrafo. Após uma temporada em Londres, volta ao Rio, e entre 1975 e 1979 faz parte do coletivo de poesia Nuvem Cigana, do qual também participam Charles Peixoto e os músicos Ronaldo Bastos e Bernardo Vilhena, entre outros. No mesmo período surge a poesia marginal, que revelou nomes como Francisco Alvim, Cacaso e Ana Cristina Cesar. Em paralelo às atividades literárias, Chacal colabora com o grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone, a banda Blitz e o Circo Voador, além fazer parcerias musicais com Jards Macalé, Lulu Santos, Fernanda Abreu e vários outros artistas. Desde 1990 coordena o Centro de Experimentação Poética, CEP 20.000, no Rio de Janeiro, onde se apresentam poetas e artistas de várias gerações.

<< voltar

© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779