Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Notícias  
22/06/2020

No dia 18 de junho, o júri da Fundación Princesa das Astúrias (Oviedo, Espanha) concedeu à poeta e ensaísta canadense Anne Carson o prestigioso Prêmio Princesa de Astúrias.

O discurso da premiação enfatizou o compromisso de Anne Carson com a emoção e o pensamento, e destacou, em sua obra de âmbitos multifacetados, o estudo do mundo greco-latino e a construção de uma poética inovadora, “em que a vitalidade do pensamento clássico funciona à maneira de um mapa que convida a elucidar as complexidades do mundo atual”.

Renomada poeta, ensaísta e tradutora, Anne Carson (Toronto, Canadá, 1950) é professora de Literatura Clássica e Comparada na Universidade de Michigan. Especialista em línguas e cultura clássica e em literatura comparada, antropologia e história, Carson é, na opinião da crítica, uma das mais eruditas escritoras contemporâneas. Sua obra mescla estilos, referências e formas, entrelaçando poesia, dissertação, ensaio e drama. É autora, entre outros, de Autobiography of Red: A Novel in Verse (1998); Economy of the Unlost: Reading Simonides of Ceos with Paul Celan (1999); Men in the Off Hours (2000); If Not, Winter: Fragments of Sappho (2002); Decreation: Poetry, Essays, Opera (2005); Nox (2010); Antigonick (2012), e Float (2016). Antes do Prêmio Princesa de Astúrias, Carson recebeu o Lannan Literary Award for Poetry (EUA, 1996), o Pushcart Prize for Poetry (EUA, 1997), o T. S. Eliot Prize (Reino Unido, 2001), o PEN Award for Poetry in Translation (EUA, 2010) e o Griffin Poetry Prize (Canadá, 2014).

De Anne Carson, a Editora 34 publicará este ano Autobiografia do Vermelho (em tradução de Ismar Tirelli Neto). Uma coletânea de ensaios da autora, organizada por Sofia Nestrovski, está em preparação neste momento.

<< voltar

© Editora 34 Ltda. 2020   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779