Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Crítica, teoria literária e linguística
 

 R$ 65,00
         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

O estilo de Dostoiévski

 

Nikolai Tchirkóv

Tradução de Paulo Bezerra

312 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-65-5525-094-7
2022 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O professor e crítico literário russo Nikolai Tchirkóv (1891-1950) fez toda a sua carreira sob o regime do stalinismo e jamais viu um livro ou artigo seu publicado em vida. Sua principal obra, O estilo de Dostoiévski, escrita na década de 1940, só veio à luz mais de dez anos após a sua morte, em dois volumes lançados em Moscou em 1964 e 1967, e logo se tornou um livro de referência incontornável na fortuna crítica do autor de Crime e castigo.
A presente tradução, a primeira publicada fora da Rússia, compreende o segundo volume, que analisa de forma detalhada a evolução do estilo de Dostoiévski a partir de seus principais romances: Gente pobre (1846), A senhoria (1847), A aldeia de Stepántchikovo e seus habitantes (1859), Humilhados e ofendidos (1861), Escritos da casa morta (1862), Memórias do subsolo (1864), Crime e castigo (1866), Um jogador (1867), O idiota (1869), Os demônios (1872), O adolescente (1875) e Os irmãos Karamázov (1880).
Jogando luz sobre o processo de construção das narrativas de Dostoiévski, que inicialmente parte da Escola Natural e do romantismo para depois encontrar seu estilo próprio baseado nas figuras do “homem do subsolo” e do “homem-universo”, este livro é uma excelente porta de entrada para os leitores que quiserem conhecer mais a fundo a obra deste gênio da literatura.


Sobre o autor
Nikolai Maksímovitch Tchirkóv nasceu em 1891 e ingressou como professor de literatura no Instituto Estatal Pedagógico Regional de Moscou N. K. Krúpskaia (MOPI) em 1936, instituição onde defendeu seu mestrado, “Henrik Ibsen e August Strindberg” (1943), e seu doutorado, “O estilo de Dostoiévski” (1946). Faleceu em 1950. O estilo de Dostoiévski foi publicado postumamente, em dois volumes, em 1964 e 1967, respectivamente, pela editora Naúka de Moscou.


Sobre o tradutor
Paulo Bezerra estudou língua e literatura russa na Universidade Lomonóssov, em Moscou, e foi professor de teoria da literatura na UERJ e de língua e literatura russa na USP. Livre-docente em Letras, leciona atualmente na Universidade Federal Fluminense. Já verteu diretamente do russo mais de quarenta obras nos campos da filosofia, psicologia, teoria literária e ficção, destacando-se suas traduções de Crime e castigo, O idiota, Os demônios, O adolescente e Os irmãos Karamázov, de Dostoiévski. Em 2012 recebeu do governo da Rússia a Medalha Púchkin, por sua contribuição na divulgação da cultura russa no exterior.



Veja também
O adolescente
Teoria do romance I
A estilística
Armas de papel
Graciliano Ramos, as Memórias do cárcere e o Partido Comunista Brasileiro

 


© Editora 34 Ltda. 2022   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779