Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Crítica, teoria literária e linguística
 

indisponível  (R$ 39,00)
Avise-me quando disponível

         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

O tupi e o alaúde
Uma interpretação de Macunaíma

 

Gilda de Mello e Souza

Coedição: Duas Cidades

96 p. - 14 x 21 cm
ISBN 85-7326-276-1
2003

Este livro todo prosa é feito de intuições poderosas e muita disposição para o diálogo. Publicado originalmente em 1979, irrompe como resposta crítica a Morfologia do Macunaíma (1973), de Haroldo de Campos. Destituído de tom polêmico e sem pretensão à verdade, O tupi e o alaúde deriva, como o próprio subtítulo indica, para "uma interpretação de Macunaíma". Dito isso, não importa tanto a recusa do modelo de Propp, mas os avanços que a nova leitura sugere.
     Configurado por três movimentos, o ensaio parte da analogia entre a estrutura de Macunaíma e formas musicais, faz uma defesa da ambiguidade e das fraturas da narrativa, para, apoiado em Bakhtin, inscrever a rapsódia brasileira na linhagem dialógica do romance de cavalaria. Por vezes, o texto toma emprestada à forma artística sua natureza móvel e aberta. Em Gilda de Mello e Souza, a exposição das ideias conjuga sempre pesquisa e improviso, criação e impregnação teórica.


Veja também
Céu, inferno
Ensaios de crítica literária e ideologia
A ideia e o figurado
Formação e desconstrução
Uma visita ao Museu da Ideologia Francesa

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779