Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Infanto-juvenil
 

indisponível  (R$ 34,00)
Avise-me quando disponível

         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Histórias de Bulka

 

Lev Tolstói

Tradução de Tatiana Belinky
Ilustrações de Ulysses Bôscolo

48 p. - 13.5 x 18 cm
ISBN 978-85-7326-371-8
2007
Acervo Básico da FNLIJ

Neste livro, Lev Tolstói - o autor de Guerra e paz - narra as aventuras de Bulka, um destemido cão vivendo nas frias e selvagens montanhas do Cáucaso. Acompanhando seu dono em caçadas a ursos, faisões e javalis, Bulka enfrentará diferentes animais para provar o seu valor, e terá que escapar até de homens armados para salvar sua pele.
     Narradas ao mesmo tempo com realismo e emoção, as Histórias de Bulka nos fazem viver de perto as alegrias e as dores de um animal, provando que a boa literatura, além de fazer sonhar, é capaz de mostrar a vida como ela é.


Sobre o autor
Lev Nikoláievitch Tolstói nasce em 1828 na Rússia, em Iásnaia Poliana, propriedade rural de seus pais, o conde Nikolai Tolstói e a princesa Mária Volkônskaia. Em 1845, Tolstói ingressa na Universidade de Kazan para estudar Línguas Orientais, mas abandona o curso e transfere-se para Moscou e depois para Petersburgo. Em 1851 alista-se no exército russo, servindo no Cáucaso, e começa a sua carreira de escritor, publicando os livros de ficção Infância, Adolescência e Juventude em 1852, 1854 e 1857, respectivamente. De volta à Iásnaia Poliana, funda uma escola para os filhos dos servos de sua propriedade rural. Em 1862 casa-se com Sófia Andréievna Behrs, então com dezessete anos, com quem teria treze filhos. Os cossacos é publicado em 1863, Guerra e paz, entre 1865 e 1869, e Anna Kariênina, entre 1875 e 1878, livros que trariam enorme reconhecimento ao autor. No auge do sucesso, Tolstói passa a ter recorrentes crises existenciais, processo que culmina na publicação de Confissão, em 1882, onde o autor renega sua obra e assume uma postura social-religiosa que se tornaria conhecida como “tolstoísmo”. Mesmo assim, continua a produzir obras-primas como as novelas A morte de Ivan Ilitch (1886), A Sonata a Kreutzer (1891) e Khadji-Murát (1905). Espírito inquieto, foge de casa aos 82 anos de idade para se retirar em um mosteiro, mas falece a caminho, vítima de pneumonia, na estação ferroviária de Astápovo, em 1910.


Sobre o tradutor
Tatiana Belinky, uma das personalidades literárias mais conhecidas do Brasil, nasceu em 1919, na Rússia, e chegou ao nosso país com dez anos de idade. Além de traduzir clássicos como Tolstói e Tchekhov, criou e adaptou para a televisão inúmeras obras da literatura, dentre as quais se destaca a série O Sítio do Pica-Pau Amarelo. É autora de mais de cem livros, entre eles uma encantadora autobiografia, Transplante de menina (1989). Recebeu, entre outros, o Prêmio Monteiro Lobato de Tradução da FNLIJ e o prêmio especial Amigo do Livro, da CBL, pelo conjunto de sua obra. Pela Editora 34, publicou os livros Mandaliques (2001), Limeriques do bípede apaixonado (2004), O segredo é não ter medo (2008) e Limeriques das causas e efeitos (2008). Faleceu em São Paulo, em 2013, aos 94 anos de idade.





Veja também
A foca branca
Rikki-tikki-tavi
O cão fantasma

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779