Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
 
1  

A individuação à luz das noções de forma e de informação

Gilbert Simondon

 
Primeiro livro do filósofo francês Gilbert Simondon (1924-1989) publicado no Brasil, este é um estudo de alcance incomum, no qual o autor desloca a atenção do indivíduo para a operação da individuação e, mobilizando conceitos de física, química, biologia, história das ciências, sociologia, psicologia e outros campos, propõe uma reviravolta em noções filosóficas fundamentais como ser, forma, matéria, substância, sistema, energia. Baseado na edição francesa de 2013, este volume reproduz na íntegra a tese de doutoramento defendida na Sorbonne em 1958, acrescida de quatro textos complementares. Traduzida com rigor por Luís Aragon e Guilherme Ivo, sob supervisão dos herdeiros do autor, esta obra faz jus à potência do pensamento de Simondon, cujo legado só hoje começa a ser apreendido e explorado em suas múltiplas dimensões.
R$ 92,00
 
Poesia +
(antologia 1985-2019)

Edimilson de Almeida Pereira

 
Poesia + reúne quase duzentos poemas de Edimilson de Almeida Pereira, poeta e ensaísta, pesquisador das culturas populares e afrodescendentes e professor da Universidade Federal de Juiz de Fora. Esta antologia, organizada pelo próprio autor em oito blocos temáticos (incluindo 34 poemas inéditos), atesta de maneira decisiva a singularidade de um percurso poético que dialoga com linhas centrais do modernismo brasileiro mas também, com uma força raras vezes vista entre nós, incorpora vozes historicamente silenciadas e formas extremamente originais de ver/pensar o mundo, nas quais a carga de ancestralidade e o poder de invenção contemporâneo convivem e se renovam mutuamente.
R$ 72,00

 
Seja como for
Entrevistas, retratos e documentos

Roberto Schwarz

 
Seja como for reúne entrevistas, perfis, artigos e documentos daquele que é, na tradição da Escola de Frankfurt, um dos mais importantes críticos da atualidade. O livro cobre cinquenta anos de uma trajetória na qual a coerência, mais que o apego a um método, está ligada aos problemas objetivos do capitalismo contemporâneo. Roberto Schwarz foi o que mais levou a fundo a análise de suas consequências para a vida cultural na periferia, notadamente em seus estudos sobre Machado de Assis, revelando nesse escritor um crítico até então insuspeitado da modernidade — olhar agudo que se estende, no conjunto de sua obra, a vários outros autores e temas. Por sua atualidade, cabe destacar os textos que revisitam o ensaio "Cultura e política, 1964-1969", nos quais o crítico se interroga acerca da produção artística num quadro que combina o avanço do capital e uma ordem política retrógrada - questão que retorna, com urgência extrema, no Brasil do século XXI.
R$ 79,00

     
O templo

Stephen Spender

Tradução de Raul de Sá Barbosa
Projeto gráfico de
Raul Loureiro
 
O templo merece lugar entre os grandes livros do período entre as duas guerras mundiais do século XX. Neste romance largamente autobiográfico, que começou a tomar forma em 1929 mas só foi publicado em 1988, cruzam-se a inquietação - sexual, literária, política - do jovem intelectual inglês Stephen Spender e a singularidade de um momento histórico - a República de Weimar - em que uma inédita liberdade de costumes florescia à sombra do nazismo já rampante. Crônica ficcional de um verão passado na Alemanha, em companhia dos amigos e escritores W. H. Auden e Christopher Isherwood, bem como do fotógrafo Herbert List, O templo combina a linhagem do romance de formação com um notável e precoce estudo da ascensão do totalitarismo.
R$ 62,00
 
O último trem da Cantareira

Antonio Arnoni Prado

 
Primeiro livro de ficção do premiado crítico, ensaísta e professor de teoria literária Antonio Arnoni Prado, O último trem da Cantareira reúne memória e invenção ao recriar os anos de infância do autor na zona norte de São Paulo, em meio a um bando de meninos que, longe dos livros, viviam soltos nas quebradas do bairro do Tremembé, entregues a brigas e aventuras de todo tipo. Em suas páginas, os arrabaldes da cidade, ao longo da linha do trem, ganham uma vida extraordinária, lembrando em parte Os meninos da rua Paulo, de Ferenc Molnár, e a experiência subjetiva adquire ressonância coletiva - pequeno milagre que só a grande literatura costuma realizar.
R$ 43,00

 
A palavra na vida e a palavra na poesia
Ensaios, artigos, resenhas e poemas

Valentin Volóchinov

 
Valentin Volóchinov foi um dos principais integrantes do Círculo de Bakhtin e autor dos livros O freudismo (1927) e Marxismo e filosofia da linguagem (1929). A presente coletânea reúne, pela primeira vez no Brasil em tradução direta do russo, todos os outros ensaios conhecidos do autor, incluindo textos fundamentais como "A palavra na vida e a palavra na poesia" e "A construção do enunciado", além de resenhas e estudos sobre música inéditos em nosso país. O volume inclui ainda um alentado ensaio das tradutoras Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo, que ilumina aspectos pouco conhecidos da biografia de Volóchinov e do meio intelectual em que os textos do Círculo foram criados.
R$ 74,00

     
O asno de ouro

Apuleio

Tradução de Ruth Guimarães
Apresentação e notas adicionais de Adriane da Silva Duarte
Edição bilíngue
 
Único romance latino da Antiguidade a sobreviver na íntegra até os nossos dias, O asno de ouro (também conhecido como Metamorfoses), de Apuleio, escrito no século II d.C., influenciou escritores como Boccaccio, Shakespeare e Flaubert. A obra traz a atribulada história do jovem Lúcio que, viajando à Tessália, na Grécia, se hospeda na casa de uma feiticeira, ingere uma poção e é transformado por engano em um asno — sem perder, no entanto, a sua inteligência. Como burro de carga, passa por muitas aventuras e é ouvinte privilegiado de uma série de narrativas contadas pelas personagens do romance, com a célebre história de Eros e Psiquê. Obra única, verdadeira fábula sobre o pecado e a expiação, O asno de ouro é publicado aqui em edição bilíngue, com apresentação de Adriane da Silva Duarte, da Universidade de São Paulo, e tradução direta do latim realizada pela grande escritora Ruth Guimarães (1920-2014), que soube preservar com mestria toda a vivacidade e o colorido do original.
R$ 88,00
 
Lojas de canela
e outras narrativas

Bruno Schulz

Tradução de Henryk Siewierski
Posfácio de Angelo Maria Ripellino
 
O autor polonês Bruno Schulz (1892-1942) criou a sua breve e deslumbrante obra literária em pouco mais de uma década, quando teve a sua vida tragicamente interrompida pela barbárie nazista. Em sua pequena cidade na Europa Central, Drohobycz, escreveu dois ciclos de contos, que alcançariam a admiração de nomes como Witold Gombrowicz, Czesław Miłosz, John Updike e Philip Roth. O presente volume traz o livro de estreia do autor, Lojas de canela, publicado em 1934, incluindo cinco contos adicionais que não figuram em sua segunda obra, Sanatório sob o signo da clepsidra - entre eles, um texto inédito em português, "A primavera" -, e se encerra com um posfácio do eslavista italiano Angelo Maria Ripellino, que lê a obra de Schulz à luz dos seus pares poloneses e das vanguardas europeias, relacionando a "exuberância irrefreável" de sua prosa com as tendências estéticas da art nouveau e do modernismo.
R$ 54,00

 
A dupla noite das tílias
História e natureza no Fausto de Goethe

Marcus Vinicius Mazzari

 
Partindo do conceito de Weltliteratur, "literatura mundial", cunhado por J. W. Goethe (1749-1832), e do entendimento de que cada época pode reinterpretar as grandes obras de arte a partir de seu próprio contexto, Marcus Vinicius Mazzari, professor da Universidade de São Paulo, propõe uma leitura atualizada do Fausto, a obra máxima do grande autor alemão. Em A dupla noite das tílias, Mazzari analisa temas que abarcam a poesia, a história, a economia e a preservação da natureza, detendo-se particularmente no quinto ato do Fausto II, que concentra a chamada "tragédia da colonização", e elabora uma interpretação própria para as "fórmulas ético-estéticas" cunhadas por Goethe em sua maturidade.
R$ 58,00

     
Portugal e Brasil na crise do Antigo Sistema Colonial
(1777-1808)


Fernando A. Novais

 
Clássico da historiografia brasileira, publicado originalmente em 1979, Portugal e Brasil na crise do Antigo Sistema Colonial situa a colonização do Brasil como parte complementar das economias centrais na expansão do capitalismo comercial, criando uma estrutura sócio-econômica específica, baseada na monocultura e no escravismo. No final do século XVIII, no entanto, o sistema entra em crise, quando o capitalismo comercial se esgota nos países centrais para se transmutar em capitalismo industrial, dinâmica contraditória que estará na base da formação do Brasil como nação independente.
R$ 85,00
 
Ler o mundo
Experiências de transmissão cultural nos dias de hoje

Michèle Petit

Tradução de Julia Vidile
 
Apresentando iniciativas bem-sucedidas de estímulo à leitura e de leitura compartilhada em vários países - entre eles, o Brasil -, a antropóloga francesa Michèle Petit traça um quadro abrangente dos resultados positivos e dos desafios que cercam as experiências de transmissão cultural na contemporaneidade. Em Ler o mundo, Petit condensa praticamente toda sua vida de ativista da leitura para, a partir de dezenas de exemplos, redigir um manifesto lúcido, comovente e necessário em defesa do acesso de todos à arte e à literatura.
R$ 54,00

 
Ocupar e resistir
Movimentos de ocupação de escolas pelo Brasil (2015-2016)


Apresentação de Marcos Nobre
 
Esta coletânea, organizada por pesquisadores do CEBRAP, reúne treze ensaios, de autores de diversas áreas, sobre o movimento dos estudantes secundaristas que ocuparam centenas de escolas brasileiras, entre 2015 e 2016, em protesto contra a precarização do ensino e em defesa de uma educação pública de qualidade. As ocupações surpreenderam as autoridades e a opinião pública pela organização exemplar dos alunos, tanto na gestão das escolas quanto nas suas estratégias de ação, recusando qualquer subordinação a partidos políticos. Extremamente jovens, esses meninos e meninas constituíram assim um dos movimentos sociais mais interessantes da atualidade, inspirando novas formas de fazer política no Brasil.
R$ 69,00

     
1  

© Editora 34 Ltda. 2020   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779