Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Ciências sociais
 

 R$ 43,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Trabalho e vadiagem
A origem do trabalho livre no Brasil

 

Lúcio Kowarick

Prefácio de Raquel Glezer

168 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-741-9
2019 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Nem escravo nem senhor, o homem que nos tempos da escravidão nasceu livre, ou de algum modo "ascendeu" a essa condição, era um estigmatizado enquanto força de trabalho. E quando a Abolição aparece no horizonte, ele, que poderia ser empregado no lugar dos escravos nas lavouras, é preterido pelo imigrante europeu. Tudo porque, pelo menos para os fazendeiros, era considerado um vagabundo, indisciplinado e incompetente.
Em Trabalho e vadiagem, Lúcio Kowarick estuda a formação do mercado de trabalho livre no Brasil, da época da escravidão até o início do século XX. Buscando captar no curso da história brasileira a origem da marginalização de vastos contingentes de nossa população, o livro é de uma surpreendente atualidade, levando-nos a detectar no tratamento da mão de obra de hoje as mesmas situações encontradas no passado.
Lançado originalmente em 1987, este ensaio, que se tornou um pequeno clássico da sociologia brasileira, é agora acrescido de um capítulo inédito, em que se analisa o modo e condição de vida dos chamados "despossuídos" no campo e na cidade.


Sobre o autor
Lúcio Kowarick é graduado pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1961), mestre em Ciências Sociais, com Diplôme D'Études Approfondies en Sciences Sociales obtido na França (1967), e doutor em Sociologia pela FFLCH-USP (1973). Atualmente é professor titular do Departamento de Ciência Política da FFLCH-USP, onde leciona desde 1970. Trabalhou como pesquisador do CEBRAP nos anos 1970, e do CEDEC nos anos 1980, em São Paulo, tendo sido professor e pesquisador visitante do IRD, do IRESCO e da EHESS, em Paris, do Institute of Development Studies da Universidade de Sussex, na Inglaterra, do Institute of Latin American Studies da Universidade de Londres, do Centre for Brazilian Studies da Universidade de Oxford, e do Japan Center for Area Studies, em Osaka. Publicou diversos livros, entre eles Escritos urbanos (2000) e Viver em risco (2009, Prêmio Jabuti 2010 de Melhor Livro de Ciências Humanas), ambos pela Editora 34. Em 2013 recebeu o Prêmio Florestan Fernandes, concedido pela Sociedade Brasileira de Sociologia, pelo conjunto de sua obra.



Veja também
Viver em risco
Pluralidade urbana em São Paulo
Vulnerabilidade, marginalidade, ativismos
Organização de Lúcio Kowarick, Heitor Frúgoli Jr.
São Paulo: novos percursos e atores (sociedade, cultura e política)
(sociedade, cultura e política)
Organização de Lúcio Kowarick, Eduardo Marques

 


© Editora 34 Ltda. 2019   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779