Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Coleções | Filosofia, estética e ciência
 

 R$ 65,00
         




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Formação e desconstrução
uma visita ao Museu da Ideologia Francesa

 

Paulo Eduardo Arantes

Posfácio de Giovanni Zanotti

336 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-65-5525-046-6
2021 - 1a edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Em Formação e desconstrução, Paulo Arantes guia o leitor pelos amplos corredores do que ele mesmo chama de Museu da Ideologia Francesa, conjunto prestigioso de ideias que buscou suplantar a Era Sartre ao longo dos anos 1960 e 1970. Sua hegemonia atingiu o ápice no final dos anos 1980, quando misturou-se às derradeiras manifestações da Escola de Frankfurt no cadinho do sistema universitário norte-americano, resultando num híbrido de alcance mundial denominado simplesmente de Theory.
Para o autor, essa mescla em que predomina a noção de discurso revela na verdade transformações reais. Ao acompanhar o cruzamento de conceitos tomados em três diferentes tradições filosóficas e nunca ao pé da letra — como bem registra Giovanni Zanotti no posfácio —, Paulo Arantes mostra o papel legitimador que involuntariamente tiveram na atual fase do capitalismo — um diagnóstico original a partir da periferia do sistema.


Sobre o autor
Paulo Eduardo Arantes nasceu em São Paulo, em 1942. Durante o ano de 1962, cursou Física na Universidade de São Paulo ao mesmo tempo em que se dedicou intensamente ao movimento estudantil. Entre 1965 e 1967, cursou Filosofia na FFLCH-USP, onde teve aulas com Bento Prado Jr., Ruy Fausto e José Arthur Giannotti. Doutorou-se pela Universidade de Paris IV em 1973 sob a orientação de Jean Toussaint Desanti. De 1974 a 1998 foi professor no Departamento de Filosofia da mesma faculdade e nele dirigiu a revista Discurso entre 1976 e 1991. Coordenou na editora Vozes a coleção Zero à Esquerda, entre 1997 e 2001, e atualmente dirige a coleção Estado de Sítio na editora Boitempo. É autor dos livros Hegel: a ordem do tempo (1981), Sentimento da dialética (1992), Um departamento francês de ultramar (1994), O fio da meada (1996) e O novo tempo do mundo (2014), entre outros.


Veja também
Seja como for
Entrevistas, retratos e documentos
Cultura filosófica
A forma e o sentimento do mundo
Jogo, humor e arte de viver na filosofia do século XVIII

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779