Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Infanto-juvenil
 

 R$ 36,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Felizes quase sempre

 

Antonio Prata

Ilustrações de Laerte

36 p. - 20 x 20 cm
ISBN 978-85-7326-488-3
2012 - 1ª edição; 2013 - 2ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Todo mundo sabe que um bom conto de fadas acaba com a princesa e seu príncipe encantado vivendo felizes para sempre. Mas o que pouca gente sabe é o que acontece ou deixa de acontecer quando a história termina. Antonio Prata e Laerte mostram aqui, em deliciosos detalhes, como é essa tal vida perfeita e como a felicidade "para sempre" pode se transformar num problemão. E provam, com muita graça, que até no mundo encantado uma infelicidadezinha de vez em quando não faz mal a ninguém.


Sobre o autor
Antonio Prata nasceu em São Paulo em 1977. Estudou filosofia na USP, cinema na FAAP e ciências sociais na PUC-SP. Tem nove livros publicados, entre eles As pernas da tia Corália (Objetiva, 2002), O inferno atrás da pia (Objetiva, 2004), Adulterado (Moderna, 2009) e Meio intelectual, meio de esquerda (Editora 34, 2010), agraciado com o Prêmio Jabuti na categoria contos e crônicas. Entre 2003 e 2010, escreveu regularmente para o jornal O Estado de S. Paulo; desde então, passou a publicar suas crônicas na Folha de S. Paulo, sempre às quartas-feiras. Trabalha também como roteirista de cinema e TV, colaborando atualmente na novela Avenida Brasil, da Rede Globo.


Sobre o ilustrador
Laerte é reconhecido como um dos mais importantes cartunistas do Brasil. Nascido em São Paulo em 1951, estudou desenho e teatro na FAAP e técnicas de animação na Escola Panamericana de Arte. Desde 1991, publica na Folha de S. Paulo, onde criou personagens como Overman, Suriá e Lola, a Andorinha. Foi premiado no Salão de Humor de Piracicaba e ganhou o Prêmio Angelo Agostini, além de ter recebido o Troféu HQ Mix em todas as suas edições. Ilustrou, entre outros, O livro das tatianices, de Tatiana Belinky (Moderna, 2004); Agora eu era, de Arthur Nestrovski (Companhia das Letrinhas, 2009), e O doente imaginário, de Molière, com adaptação de Marilia Toledo (Editora 34, 2010).

Veja também
A gata
O doente imaginário
Limeriques das causas e efeitos

 


© Editora 34 Ltda. 2018   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779