Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Clássicos da literatura | Literatura estrangeira
 


 R$ 49,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Hipólito

 

Eurípides

Tradução de Trajano Vieira
Edição bilíngue

Ensaio de Bernard Knox


208 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-606-1
2015 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O Hipólito, de Eurípides, estreou nas Dionísias de Atenas em 428 a.C., recebendo o primeiro prêmio do festival. A trama da peça é ambientada em Trezena, onde o jovem protagonista vive com seu pai, Teseu, e a madrasta, Fedra. O casto Hipólito é devoto da deusa da caça, Ártemis, o que provoca a ira de Afrodite, deusa do amor. Esta, para se vingar, faz Fedra se apaixonar pelo enteado. A partir deste enredo, onde se contrapõem honra e traição, Eurípides constrói de forma engenhosa sua tragédia com uma série de pares opostos: Hipólito e Teseu; Fedra e a nutriz (sua criada); Afrodite e Ártemis; além de dois coros: o das mulheres de Trezena e o dos servos de Hipólito. A presente edição, bilíngue, traz, além da esmerada recriação poética de Trajano Vieira, uma elucidativa análise da peça realizada por Bernard Knox - um dos grandes helenistas do século XX.


Sobre o autor
Eurípides nasceu por volta de 480 a.C. na ilha de Salamina, filho de Mnesarco, um proprietário de terras. Sua estreia num concurso trágico ocorreu em 455 a.C., ano da morte de Ésquilo. Das 93 peças que lhe são atribuídas, chegaram até nós dezoito, oito das quais datadas com precisão: Alceste (438 a.C.), Medeia (431 a.C.), Hipólito (428 a.C.), As Troianas (415 a.C.), Helena (412 a.C.), Orestes (408 a.C.), Ifigênia em Áulis e As Bacantes (405 a.C.). Três foram representadas postumamente em Atenas: Ifigênia em Áulis, Alcméon em Corinto e As Bacantes. Morreu em 406 a.C., na Macedônia, para onde havia se transferido a convite do rei Arquelau.



Sobre o tradutor
Trajano Vieira é doutor em Literatura Grega pela Universidade de São Paulo e professor de Língua e Literatura Grega na Unicamp, onde obteve o título de livre-docente em 2008. Além de ter colaborado, como organizador, na tradução realizada por Haroldo de Campos da Ilíada de Homero (2002), tem se dedicado a verter poeticamente tragédias do repertório grego, como Édipo Rei (2001) e Filoctetes (2009), de Sófocles; Agamêmnon (2007) e Os Persas (2013), de Ésquilo; e Medeia (2010), de Eurípides. Trajano é também o tradutor das comédias Lisístrata e Tesmoforiantes de Aristófanes (2011) e da Odisseia de Homero (2011). Suas versões do Agamêmnon e da Odisseia receberam o Prêmio Jabuti de Tradução.




Veja também
Medeia
Héracles
As Traquínias

 


© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779