Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Literatura russa
 

 R$ 52,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




Assista ao booktrailer



 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Sobre isto

 

Vladímir Maiakóvski

Tradução de Letícia Mei
Ilustrações de Aleksandr Ródtchenko
Edição bilíngue

240 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-716-7
2018 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa
Prêmio APCA 2018 de Melhor Tradução na categoria Literatura

Um dos maiores nomes da poesia do século XX, conhecido como "Poeta da Revolução" por seu engajamento na construção da nova sociedade soviética, Vladímir Maiakóvski foi também um grande poeta lírico. Publicado em 1923, Sobre isto é fruto de sua relação amorosa com Lília Brik, interrompida em dezembro de 1922 por uma briga entre o casal.
"Sem você, eu paro de existir", escreve Maiakóvski numa carta da época, desobedecendo o pacto de silêncio e separação que eles haviam estabelecido. Nos dois meses de afastamento, o poeta redige este que é um de seus poemas mais longos. Partindo da dor e da angústia da separação, Maiakóvski termina por abarcar e revisitar toda sua obra anterior, seus sentimentos e reflexões mais profundos sobre a revolução, o amor e o futuro, num voo lírico extremamente pungente.
Criticado à época por tratar de um tema individualista como o amor (o que explica o título cifrado - Sobre isto), o poeta defendeu a sua liberdade de criação nesta que considerou sua obra-prima e que deu origem, entre nós, à canção de Caetano Veloso interpretada por Gal Costa, "O amor".
Primeira tradução integral da obra no Brasil, a presente edição bilíngue conta ainda com apresentação, notas e estudo crítico de Letícia Mei, além das fotomontagens originais de Aleksandr Ródtchenko e de uma seleção da correspondência entre Maiakóvski e Lília Brik no período.


Sobre o autor
Vladímir Maiakóvski nasceu em 1893 em Bagdádi, na Geórgia. Aos quinze anos inicia sua militância política junto aos bolcheviques, sofrendo repetidas prisões. Em 1911 ingressa na Escola de Pintura, Escultura e Arquitetura de Moscou, onde trava amizade com David Burliúk, com quem fundaria o movimento futurista russo. Em 1915 escreve os poemas Nuvem de calças e Flauta de vértebras, este dedicado a Lília Brik. Após a Revolução de Outubro, adere com entusiasmo ao novo regime, colaborando com a propaganda estatal, sobretudo na elaboração de cartazes, e escreve a peça Mistério-bufo (1918). Entre 1922 e 1923, dirige a revista LEF, pautada pela intenção expressa de aliar arte revolucionária e luta pela transformação social. Realiza viagens pela Rússia e pelo exterior, e compõe, entre outros, o poema Sobre isto (1923) e a peça O percevejo (1929). Suas posições vanguardistas, no entanto, sofrem progressivos ataques, e é acusado de fazer arte "incompreensível para as massas". Em 1930, alguns meses após lançar o poema A plenos pulmões, comete suicídio.


Sobre a tradutora
Letícia Mei nasceu em São Paulo, em 1979. Passou a infância e a adolescência no Rio de Janeiro, onde estudou Ciências Econômicas na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em seguida, retornou a São Paulo e graduou-se em Letras (Português, Francês e Russo) na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. É mestre em Literatura e Cultura Russa pela mesma instituição, com a dissertação "Sobre isto: síntese da poética de Maiakóvski", defendida em 2015. É tradutora de textos jornalísticos, científicos e literários (sobretudo poesia) em russo e francês. Publicou artigos sobre poesia russa e é professora de língua e literatura francesa. Atualmente é doutoranda na Universidade de São Paulo e dedica-se à pesquisa e à tradução dos poemas líricos longos de Maiakóvski.



Sobre o ilustrador
Aleksandr Ródtchenko nasceu em 1891, em Petersburgo. Estuda na Escola de Arte de Kazan, onde conhece a artista e futura esposa Varvara Stepanova, e no Instituto Stroganov, em Moscou. Em 1915 faz seus primeiros desenhos abstratos, influenciado por Maliévitch, e participa no ano seguinte de uma exposição organizada por Tatlin. Em 1920 é nomeado, pelo governo bolchevique, para o cargo de Diretor do Departamento de Museus, e passa a dar aulas na Escola Superior de Arte e Técnica (Vkhutemas). Trabalhou com diversas técnicas, como a pintura, a escultura, a fotografia e o desenho gráfico, tendo se celebrizado por suas fotomontagens, como as realizadas para o livro Sobre isto, de Maiakóvski, em 1923. Considerado um dos fundadores do construtivismo russo e do design moderno, morreu em 1956, em Moscou.

Veja também
Mistério-bufo
O percevejo
Comédia fantástica em nove cenas
O marcador de página
e outros contos

 


© Editora 34 Ltda. 2018   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779