Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Coleções | Literatura brasileira
 


 R$ 38,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

O estranho no corredor

 

Chico Lopes


128 p. - 12 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-477-7
2011 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa
Prêmio São Paulo de Literatura 2012 (Autor estreante)

"Quando a clarividência e o senso de análise, em relação a nós e aos outros, atingem ao máximo, dá-se na personalidade uma espécie de desdobramento. Passam a colidir no mesmo indivíduo um ser social, ligado à necessidade de ajustar-se a certas normas convencionais para sobreviver, e um ser profundo, revoltado contra elas, inadaptado, vendo a marca da contingência e da fragilidade em tudo e em si mesmo. Daí a incapacidade de viver normalmente e o nascimento do senso de culpa, ou autonegação." O trecho, extraído de "Os bichos do subterrâneo", o ensaio de Antonio Candido sobre a obra de Graciliano Ramos, diz muito das razões do protagonista da novela O estranho no corredor, a primeira incursão em prosa de ficção mais longa do contista e jornalista Chico Lopes.
     Aqui, um homem solitário, com aspirações a escritor, leva uma vida discreta, sobrevivendo precariamente como professor numa escolinha de inglês, gastando o tempo ora com o diário onde anota memórias de infância, ora com um círculo de conhecidos. A esse quadro - estático apenas na aparência, pois que dotado de enorme tensão interior - vem se somar a aparição misteriosa, recorrente, de uma figura masculina ameaçadora, que se põe a perseguir o protagonista por todos os cantos, acelerando o tempo da narrativa com seus passos de "uma musicalidade escura".
     Revolta contra a vida "subalterna e esmagada" - para retomar termos de Antonio Candido -, passado, seu discurso indireto livre salta fronteiras e precipita o leitor no rodamoinho de uma consciência atormentada, conferindo à narrativa um clima denso de filme noir com toques kafkianos e suspense de thriller metafísico, que se mantém da primeira à última página.
     


Veja também
Antonio

 


© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779