Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Filosofia, estética e ciência
 


 R$ 54,00
         

        frete grátis  (saiba mais)

       




 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

O Banquete

 

Platão

Edição bilíngue

256 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-85-7326-647-4
2016 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O Banquete é um dos diálogos mais célebres de Platão (428-347 a.C.) e, junto com o Fedro, trata da natureza multifacetada do Amor. Ambientado durante um jantar oferecido pelo poeta trágico Agatão, em comemoração à vitória que obtivera num festival dramático, o Banquete põe em cena Sócrates, o médico Erixímaco, o comediógrafo Aristófanes e outros convivas enfrentando-se na seguinte competição: cada um deve fazer um discurso de elogio à figura contraditória de Eros, o deus que é capaz de domar a todos, mortais e imortais.
A tradução de José Cavalcante de Souza, acompanhada de notas e um alentado ensaio, foi originalmente sua tese de doutoramento, defendida em 1961 - a primeira na área de Língua e Literatura Grega no país. Agora em edição revista e bilíngue, este volume coloca novamente à disposição do leitor um dos trabalhos fundadores dos Estudos Clássicos no Brasil.


Sobre o autor
Platão nasceu em Atenas, em 428 a.C. Descendente de famílias aristocráticas, viveu num período conturbado da história ateniense. Assistiu à derrota da cidade na guerra do Peloponeso (431-404 a.C.) e viveu sob duas tiranias. Restabelecida a democracia, acompanhou o julgamento, condenação e execução do seu mestre Sócrates (399 a.C.), à qual reagiu exilando-se em Mégara. Visitou a Sicília, onde conheceu o tirano Dionísio I, de Siracusa, tendo mais tarde regressado a convite de Dionísio II. Fundou a Academia por volta de 385 a.C., da qual foi escolarca até sua morte, em 347 a.C. Seu mais famoso aluno foi Aristóteles. É atribuída a Platão a composição de mais de trinta diálogos, entre eles Apologia de Sócrates, Górgias, A República, O Banquete, Fedro, Sofista e As Leis.



Sobre o tradutor
José Cavalcante de Souza nasceu em 1925, em Cariús, interior do Ceará, onde fez a escola primária, e iniciou os estudos de francês, inglês e latim no Ginásio do Grato. Em Fortaleza, cursa Letras Clássicas na Faculdade Católica de Filosofia. Após um período de estudos na França, volta ao Brasil e muda-se para São Paulo no final de 1953, dando aulas de latim no Colégio São Luís e no Colégio Mackenzie. Em 1956 é contratado como professor do Departamento de Letras Clássicas da FFCL da USP, e em 1961 defende o primeiro doutoramento na área de Língua e Literatura Grega, com uma tese sobre o Banquete de Platão, orientada pelo professor Robert Henri Aubreton. Com a volta de Aubreton à França, em 1964, assume a direção do curso. No final dos anos 1980, aposenta-se da Universidade de São Paulo para ingressar no IFCH da Unicamp, onde estrutura o curso de Filosofia Grega Antiga, associado ao curso de Língua e Literatura Grega. Publicou, entre outros: Platão, O Banquete: tradução, introdução e notas (Difel, 1966); A caracterização dos sofistas nos primeiros diálogos de Platão (USP, 1969); e Os pré-socráticos (Coleção Os Pensadores, 1972).


Veja também
Fedro
Poética
Odisseia

 


© Editora 34 Ltda. 2017   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779