Busca rápida
digite título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 
Coleções | Literatura estrangeira | Literatura russa
 

 R$ 49,00
         


Saiu na mídia 1
Saiu na mídia 2
Saiu na mídia 3
Saiu na mídia 4
Saiu na mídia 5
Saiu na mídia 6
Saiu na mídia 7
Saiu na mídia 8
Saiu na mídia 9
Saiu na mídia 10
Saiu na mídia 11
Saiu na mídia 12



 
Informações:
Site
site@editora34.com.br
Vendas
(11) 3811-6777

vendas@editora34.com.br
Assessoria de imprensa
imprensa@editora34.com.br
Atendimento ao professor
professor@editora34.com.br

Meninas

 

Liudmila Ulítskaia

Tradução de Irineu Franco Perpetuo
Posfácio de Danilo Hora

168 p. - 14 x 21 cm
ISBN 978-65-5525-083-1
2021 - 1ª edição
Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Primeira obra de Liudmila Ulítskaia publicada em nosso país, Meninas reúne seis contos que formam um ciclo de histórias perfeitamente arquitetado pela autora. Ambientados em Moscou no período próximo à morte de Stálin, em 1953, os contos são protagonizados por meninas de 9 a 11 anos de idade, que aparecem e reaparecem na peculiar sequência das narrativas.
Coincidindo com a época da infância da escritora, a atmosfera destas histórias é alimentada por reminiscências autobiográficas, enriquecidas pela criatividade e pelo talento narrativo desta que é uma das maiores prosadoras russas em atividade, vencedora do Prêmio Simone de Beauvoir, do Russian Booker Prize e recorrentemente cotada para o Prêmio Nobel de Literatura.
Reconhecida também como uma das vozes mais importantes da sociedade russa atual na defesa das liberdades civis, Liudmila Ulítskaia explora aqui com graça e sensibilidade as refrações da grande história no mundo interior e nas relações sociais das personagens pré-adolescentes, compondo um painel vívido e complexo da vida na União Soviética na década de 1950.


Sobre a autora
Liudmila Evguênieva Ulítskaia nasceu em 1943 em Davliekánovo, na região dos Montes Urais, na União Soviética, para onde sua família foi transferida durante a Segunda Guerra Mundial. Formou-se em biologia e trabalhou por dois anos no Instituto de Genética Nikolai Vavílov, em Moscou, quando, após ser afastada do cargo por motivos políticos, passou a se dedicar às letras. Trabalhou na década de 1970 como consultora de repertório do Teatro Judaico de Música de Câmara (KEMT), também em Moscou, e começou a publicar ficção apenas no final dos anos 1980. Em 1993 teve seu livro de estreia, Parentes pobres, lançado na França, e em 1996 sua novela Sônietchka (1994) recebeu o prestigioso Prix Médicis. Hoje reconhecida como uma das principais escritoras russas em atividade, é autora também de Medeia e seus filhos (1996), Funeral alegre (1998), O caso Kukotski (2000, vencedor do Booker Prize russo), Daniel Stein, tradutor (2006), A grande tenda verde (2011) e A escada de Jacó (2015), entre outros. Liudmila Ulítskaia se destaca ainda pelo seu ativismo político e cultural, tendo recebido em 2011 o Prix Simone de Beauvoir pour la Liberté des Femmes.



Sobre o tradutor
Irineu Franco Perpetuo é jornalista e tradutor, colaborador da revista Concerto e jurado do concurso de música Prelúdio, da TV Cultura de São Paulo. Publicou as seguintes traduções, todas elas diretamente do russo: Pequenas tragédias (2006) e Boris Godunov (2007), de Aleksandr Púchkin; Memórias de um caçador (2013), de Ivan Turguêniev; A morte de Ivan Ilitch (2016), de Lev Tolstói; Memórias do subsolo (2016), de Fiódor Dostoiévski; Vida e destino (2014) e A estrada (2015), de Vassili Grossman; O mestre e Margarida, de Mikhail Bulgákov (2017); Salmo, de Friedrich Gorenstein (2018, com Moissei Mountian); Os dias dos Turbin, de Mikhail Bulgákov (2018); Lasca, de Vladímir Zazúbrin (2019), e A infância de Nikita, de Aleksei Tolstói (2021, com Moissei Mountian).


Veja também
Dostoiévski-trip
Nova antologia do conto russo (1792-1998)
Organização de Bruno Barretto Gomide
O amor de Mítia

 


© Editora 34 Ltda. 2021   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779