Busca rápida
por título, autor, palavra-chave, ano ou isbn
 

clique aqui e conheça os títulos
Para compras neste site, o frete é grátis para todo o Brasil
Cadastre-se aqui para receber nossas notícias de lançamentos e eventos
Por tempo indeterminado, não avaliaremos originais encaminhados sem solicitação prévia da editora.

 


Notícias

Leyla Perrone-Moisés, Milton Hatoum e Samuel Titan Jr. participam de bate-papo que marca a reedição de Três contos, de Gustave Flaubert, pela Coleção Fábula

As ilustrações de Daniel Bueno para O homem que plantava árvores, de Jean Giono, são selecionadas para a Bienal de Ilustrações de Bratislava

Ismail Xavier é presença confirmada na Flip 2019

Teatro do oprimido, de Augusto Boal, volta às livrarias em reedição da Editora 34

Bruno Brum lança Tudo pronto para o fim do mundo em Belo Horizonte

Contos maravilhosos infantis e domésticos, de Jacob e Wilhelm Grimm, e O homem que plantava árvores, de Jean Giono, são agraciados com o selo Altamente Recomendável da FNLIJ

Lançamentos da Editora 34 são destaques da literatura em 2018

APCA elege os melhores de 2018 e premia Sobre isto, de Maiakóvski (tradução de Letícia Mei), e a reedição de Registro de uma vivência, de Lucio Costa

Editora 34 lança antologia que celebra o humor russo

Obra emblemática de Turguêniev, Diário de um homem supérfluo será lançado na FFLCH-USP, em seminário que comemora os 200 anos de seu autor

O Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH-USP e a Editora 34 prestam homenagem a Antonio Candido

 

Indicações

Foram registradas em áudio as mesas-redondas da série Encontros de Literatura Russa, realizada pela Editora 34 e o Centro Universitário Maria Antonia no final de 2012. Esses registros estão disponíveis aqui.

 

Reedições
Jairo Severiano, A canção no tempo
Geoffrey Chaucer, Os Contos de Canterbury
Ivan Turguêniev, Memórias de um caçador
Johann Wolfgang von Goethe, Os anos de aprendizado de Wilhelm Meister
Aristóteles, De Anima
Anton Makarenko, Poema pedagógico
Beatriz Bracher, Não falei
Paul Gilroy, O Atlântico negro
Lúcio Kowarick, Escritos urbanos
David Halberstam, Michael Jordan
Carlos Calado, Tropicália: a história de uma revolução musical
 

Busca de conteúdo

 

 

 


Editora 34 na internet

A Editora 34 lança A luva, ou KR-2, de Varlam Chalámov (1907-1982), sexto e último volume dos Contos de Kolimá, em que o escritor russo dá testemunho dos quase 17 anos em que esteve preso em um dos mais terríveis campos de trabalhos forçados do período stalinista, na Sibéria oriental. Segundo Boris Schnaiderman, trata-se de um dos “documentos humanos mais fortes que o atribulado século XX nos legou”.
Lançamentos
 

A luva, ou KR-2
(Contos de Kolimá 6)

Varlam Chalámov

Posfácio de Gustaw Herling
 R$ 62,00

A luva, ou KR-2 é o sexto e último volume dos Contos de Kolimá, de Varlam Chalámov (1907-1982), obra em que o escritor russo dá testemunho dos 17 anos que passou como prisioneiro nos campos de trabalhos stalinistas e que constitui um verdadeiro monumento contra a barbárie e pela vida. Os 21 textos aqui reunidos trazem, além da denúncia dos horrores do gulag, também um pouco de leveza e esperança, já que cobrem os últimos anos de sua pena e a transição para a liberdade, como no belíssimo conto "Viagem a Ola". Completam o volume um texto ficcional sobre a morte de Chalámov escrito por Gustaw Herling (autor de uma das mais importantes obras da literatura do gulag, Um mundo à parte), e dois poemas do próprio Chalámov traduzidos diretamente do russo.

 
 

Três contos

Gustave Flaubert

Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 44,00

Os Três contos de Gustave Flaubert (1821-1880) constituem um dos pontos mais altos da literatura francesa. Ao retornar a temas, figuras e paisagens que o acompanhavam desde a juventude, o autor de Madame Bovary destilou uma suma de sua obra nas breves páginas deste último livro que chegou a completar. Seja narrando o meio século de servidão de uma criada em "Um coração simples", seja desdobrando a tapeçaria alucinada da "Legenda de São Julião Hospitaleiro" ou ainda reinventando um episódio bíblico em "Herodíade", Flaubert levou a arte da ficção a territórios ainda pouco explorados. Seu contemporâneo Henry James não tardou a ver "um elemento de perfeição" neste livro de 1877; e o próprio Flaubert, a meio caminho de sua redação, confidenciou numa carta: "Tenho a impressão de que a Prosa francesa pode chegar a uma beleza de que mal se faz ideia".

 

   

Só para maiores de cem anos
antologia (anti)poética

Nicanor Parra

Tradução de Joana Barossi e Cide Piquet
Edição bilíngue
 R$ 55,00

Nicanor Parra (1914-2018) foi um dos principais poetas chilenos do século XX e para muitos, como o crítico Harold Bloom, um dos maiores poetas do Ocidente. Desde 1954, quando lançou Poemas e antipoemas e criou a "antipoesia" (com uma linguagem próxima àquela falada nas ruas, irônica e provocadora), até 2018, quando faleceu aos 103 anos, Parra nunca deixou de escrever e publicar, reinventando-se a cada geração, com uma obra que revolucionou a literatura de seu país e influenciou autores em todo o mundo, de Ferlinghetti a Roberto Bolaño. Só para maiores de cem anos é a primeira grande antologia de Parra publicada no Brasil, em edição bilíngue, e reúne 75 poemas de seus principais livros, selecionados e traduzidos por Joana Barossi e Cide Piquet.

 
 

Teatro do Oprimido
e outras poéticas políticas

Augusto Boal

Posfácio de Julián Boal
 R$ 53,00

Obra fundamental da teoria do teatro e livro mais conhecido de Augusto Boal, traduzido para mais de quinze línguas, Teatro do Oprimido foi publicado originalmente na Argentina, em 1974, onde o dramaturgo se exilou após ser preso pelo regime militar brasileiro. Em seus textos, o autor analisa momentos-chave da poética teatral do Ocidente, de Aristóteles a Brecht, passando por Maquiavel, além de explicar os fundamentos técnicos e teóricos do trabalho do ator desenvolvidos por ele no Teatro de Arena, do qual foi um dos fundadores, nos anos 50 e 60, e em sua experiência de teatro popular no Peru, em 1973.

 

   

Tudo pronto para o fim do mundo

Bruno Brum

 R$ 36,00

Tudo pronto para o fim do mundo, quarto livro do poeta mineiro Bruno Brum, não poderia estar mais em sintonia com os dias atuais. É de um desencanto profundo com as formas assumidas pela vida contemporânea que nascem estes poemas, ainda que perpassados de humor e, por vezes, de uma réstia de lirismo ou ternura. Iconoclasta, perspicaz, cínica e melancólica, a poesia de Bruno Brum se move como o personagem de seu "Porcossauro" - um dos poemas-síntese do livro -, misto de porco e dinossauro que vagueia, cabisbaixo e pensativo, por um mundo em vias de extinção: "Não há para onde ir, conclui, atravessando a rua".

 
 

Nada se vê
seis ensaios sobre pintura

Daniel Arasse

4 cores
 R$ 62,00

Um dos críticos de arte mais brilhantes de seu tempo, Daniel Arasse (1944-2003) provoca um verdadeiro curto-circuito em nossos hábitos mentais ao analisar de forma detalhada cinco obras-primas de Tintoretto, Francesco del Cossa, Bruegel, Ticiano e Velázquez. Nos seis ensaios que compõem a obra, que inclui um estudo sobre a figura bíblica de Maria Madalena, o autor combina perspicácia, humor e um alto espírito de aventura intelectual para revolucionar o nosso modo de olhar a pintura. O resultado é um livro raro, que surpreende tanto o iniciante como o especialista, e coloca o leitor em contato com a experiência viva, aberta e sensível da obra de arte.

 

   

O tempo que passa (?)

Étienne Klein

Tradução de Cecília Ciscato
Projeto gráfico de Raul Loureiro
 R$ 34,00

Tudo mundo sabe o que é o tempo, mas é só começarmos a fazer perguntas sobre ele que tudo se complica. Que espécie de coisa é o tempo, que é medido em nossos relógios, mas não se deixa ver nem tocar? Se o tempo passa, então o que o faz passar, qual é o seu motor? Ou o tempo sempre foi igual, desde o início do universo? É possível viajar no tempo? São essas e outras as questões abordadas pelo eminente físico e filósofo francês Étienne Klein nesta breve e saborosa conferência, que procura despertar nos leitores a curiosidade e o espírito questionador que formam a base do conhecimento científico.

 
 

As estrelas

Eliot Weinberger

Tradução de Samuel Titan Jr.
Ilustrações de Fidel Sclavo
Projeto gráfico de Raul Loureiro
Edição bilíngue
 R$ 39,00

Um dos livros mais emblemáticos do escritor norte-americano Eliot Weinberger, As estrelas mescla ensaio, ficção e poesia ao reunir uma verdadeira cosmologia de definições, das mais diversas fontes, culturas e épocas, para responder ao verso inicial da obra: "As estrelas, o que são?". Esses diferentes testemunhos da imaginação humana, provenientes de textos filosóficos, manuais de física, mitologias próximas ou distantes, tradições anônimas e relatos de viagem, foram ordenados pelo autor não por hierarquias prévias, mas por um sutil trabalho de composição que beira a música e que é a marca da grande poesia.

 

   

O Antropoceno e a Ciência do Sistema Terra

José Eli da Veiga

 R$ 43,00

Estaria a humanidade comprometendo a biosfera do planeta Terra de maneira irreversível? Muitos cientistas procuram demonstrar que já vivemos em um novo período geológico: o Antropoceno, em que o homem passou a ser o principal vetor de mudanças biogeoquímicas no planeta. Neste livro, José Eli da Veiga, um dos principais estudiosos brasileiros do desenvolvimento sustentável, analisa a emergência do Antropoceno à luz dos debates científicos mais recentes e discute os parâmetros epistemológicos que poderão ajudar no desenvolvimento de uma nova e promissora ciência, a Ciência do Sistema Terra.

 
 

O rumor do tempo
e Viagem à Armênia

Óssip Mandelstam

Tradução de Paulo Bezerra
Ensaio de Seamus Heaney
 R$ 47,00

Nova edição, revista e ampliada, do livro que inclui as duas principais obras em prosa do grande poeta russo Óssip Mandelstam (1891-1938), O rumor do tempo (1925) e Viagem à Armênia (1933) - dois textos memorialísticos, de alta voltagem lírica, que trazem as impressões do autor sobre os períodos pré e pós Revolução de 1917. No volume eles são complementados por um posfácio do tradutor Paulo Bezerra e por um ensaio, inédito no Brasil, do Prêmio Nobel de Literatura Seamus Heaney, que analisa vida e obra do poeta e os esforços de sua esposa, Nadiéjda Mandelstam, em preservar seu legado em meio à perseguição do regime stalinista.

 

   

© Editora 34 Ltda. 2019   |   Rua Hungria, 592   Jardim Europa   CEP 01455-000   São Paulo - SP   Brasil   Tel (11) 3811-6777 Fax (11) 3811-6779